Nego Júnior é um fotógrafo brasileiro. Formado em design digital, trabalhou como diretor de arte em diversas agências de publicidade. Também atua como produtor cultural em vários coletivos além dos quais é fundador. [entre em contato] // Nego Júnior is a brazilian photographer. Graduated in digital design, he worked as an art director at various advertising agencies. He also acts as a cultural producer in several collectives beyond which he is a founder. [contact]

Exposição Ferro Velho das Bonecas – Festival PIB – Produto Instrumental Bruto

Era um ferro velho como vários outros na cidade, mas há aproximadamente 6 anos, Paulo Vasconcelos, com 44 de idade, “Paulão” para uns, “Alemão” para outros, fincou a primeira boneca em um dos ferros que compõem a fachada do local.

Veio uma segunda boneca, depois uma terceira, quarta e daí em diante várias. Dezenas delas.

E na particularidade de cada ferro velho, esse passou a ser especial, certamente o que mais chama atenção de quem passa na frente, aquele causador de medo em algumas crianças ou o que faz rir os adultos.

Por trás de todo misticismo criado pela população em torno do Ferro Velho das Bonecas, existe um local acolhedor e sempre disposto a receber carroceiros ou pessoas mesmo sem carroças, mas que trazem seu resíduo reciclável para levantar um dinheiro.

Um lugar para refletirmos sobre consumo e o quanto devemos rever nossos hábitos, pois vivemos num planeta de recursos naturais finitos e o trampo dos catadores, a existência dos ferros velhos e a reciclagem contribuem para adiar esse fim.